musica

24 de jun de 2011

queijo fresco

imagem da internet

Hoje fizemos queijo










Jean-Baptiste Debret chegou ao Brasil em 1816, para ser o pintor da família real e foi um dos primeiros viajantes a notar que o país possuía um produtodiferente, consumido ao final das refeições, o queijo-de-minas.


Sua história remonta à chegada dos portugueses a Minas Gerais, no século XVIII, depois da descoberta do ouro. Como os homens precisavam de um alimento que durasse todo o dia, uma antiga técnica portuguesa de queijo coalhado, feito de leite fresco, foi adaptada às condições locais.








Outro viajante, Auguste de Saint-Hilaire, que provou a iguaria no começo do século XIX, deu a receita: “Tão logo o leite é tirado coloca-se nele o coalho, o que o faz talhar-se instantaneamente. O coalho mais usado é o de capivara, por ser mais facilmente encontrado.







As fôrmas são de madeira e de feitio circular, tendo o espaço livre interno mais ou menos o tamanho de um pires.




(...) O leite talhado é colocado dentro delas em pequenos pedaços, até enchê- las. Em seguida a massa é espremida com a mão, e o leite cai dentro de uma gamela colocada em baixo. À medida que a massa é talhada vai sendo comprimida na fôrma, nova porção é acrescentada, continuando-se a espremê-la até que a fôrma fique cheia de uma massa totalmente compacta.




Cobre-se de sal a parte superior do queijo, e assim ele é deixado até a noite, quando então é virado ao contrário, pulverizando-se também de sal a parte agora exposta”. ( Agora as formas são de plástico)
Há mais de 200 anos a maneira de fazer o queijo mudou muito pouco, já não se usa o coalho de capivara. Assim como os vinhos, o queijo-de-minas tornou-se um produto com Denominação de Origem Controlada, e em maio de 2008 foi reconhecido como patrimônio cultural brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).













Por aqui ainda se faz o queijo minas artesanalmente, não ficamos sem o nosso queijinho de todo dia, com café, com goiabada... é um produto que não pode faltar na nossa mesa.
Já fiz muito queijo aqui em casa, agora faz tempo que não faço,mas se voce tem vontade de fazer veja a receita ..é bem deste jeitinho que faço, e fica muito bom, não deixe passar o coalho senão não fica macio fica ruim...Aqui vai a receita pra quem quiserm fazer vale a penaIngredientes para fazer queijo minas:




10 litros de leite pasteurizado de saquinho, leite tipo “C” ou “B”.

7 ml do coalho (dissolvido em 3 colheres de água filtrada).

5 ml de cloreto de cálcio;

02 formas para queijo Minas Frescal 1/2kg

01 termômetro para laticínios




Mãos na massa, como fazer queijo minas:


Deposite o leite na panela e deixe aquecer , até que atinja 35º mais ou menos, utilize o termometro para laticinios para verificar quando o leite atinjiu atemperatura indicada.

Desligue o fogo para acrescentar os ingredientes, distribua de forma uniforme sobre o leite, mechendo em torno de um minuto para cada adição, o coalho é o último ingrediente que deve ser adicionado.


Depois de adicionar o coalho, deixe o leite por um periodo de repouso por cerca de 40 minutos, prestando atenção até que se forme uma coalha lisa e firme, observe se a coalha se desgrudou da panela, isto significa que está na hora de cortar a mesma

Use a faca e faça cortes paralelos e cruzados pela panela, com uma distancia de mais ou menos três centimetros de cada corte.


Após cortar deixe em repouso por aproximadamente 5 minutos (perceba se vai se dormar um soro com tons esverdeados, isto é sinal que você está fazendo tudo certinho).

Logo que você deixou repousar, comece a mecher, com movimentos circulares e lentos, por todo o fundo da panela. À medida que a massa vai ficando consistente, o soro vai sendo expulso da mesma, deixando assim a massa mais rigida.


Como salgar o queijo:


Adicione de 10 a 15 gramas de sal ( aproximadamente uma colher de sopa rasa ) sobre cada lado espalhando de forma uniforme.

Após isto o queijo devem ser levados a geladeira, e após resfriados, já podem ser consumidos.


Fácil fazer queijo heim ?









   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

volte sempre

passaros

center>