musica

23 de abr de 2011

Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz. Madre Teresa de Calcutá



Hoje me lembrei de um encontro que tive com Raquel de Queiroz. Nessse dia, podem crer, mergulhei no seu silêncio, na paz dos idos, na ausência abnegada do seu sorriso manso. Escutei todos os apelos dessas palavras mudas que pousam por aí, nas coisas, na memória. Escutei o coração de Raquel e os sons da saudade proferidos ao vento. Ventura ! Ventania !


Raquel estava doce, presa ao banco da praça, no final de tarde. Esperava a visita dos passantes. Um dedo de prosa, um sorvete pra refrescar as agonias da tarde fortalezense... .

Pois é, hoje me lembrei de um encontro que tive com Raquel de Queiroz...

Foi boa a prosa. Uma boa conversa em que as palavras nem precisavam ser ditas e/ou ouvidas, apenas sentidas...Quando a moça da cidade chegou(esta senhora estava no Google e copiei a imagem muito terna)veio morar na fazenda, na casa velha...



Tão velha!


Quem fez aquela casa foi o bisavô...


Deram-lhe para dormir a camarinha,uma alcova sem luzes, tão escura!


mergulhada na tristura


de sua treva e de sua única portinha...

A moça não disse nada,



mas mandou buscar na cidade



uma telha de vidro...


Queria que ficasse iluminada


sua camarinha sem claridade...


Agora,



o quarto onde ela mora



é o quarto mais alegre da fazenda,


tão claro que, ao meio dia, aparece uma


renda de arabesco de sol nos ladrilhos


vermelhos,


que - coitados - tão velhos


só hoje é que conhecem a luz doa dia...


A luz branca e fria


também se mete às vezes pelo clarão


da telha milagrosa...


Ou alguma estrela audaciosa


careteia


no espelho onde a moça se penteia.

Que linda camarinha! Era tão feia!



- Você me disse um dia



que sua vida era toda escuridão


cinzenta,


fria,


sem um luar, sem um clarão...


Por que você na experimenta?


A moça foi tão bem sucedida...

Ponha uma telha de vidro em sua vida!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

volte sempre

passaros

center>