musica

24 de abr de 2011

Manjericão,



Tenho um cantinho sem vida, pequeno, mas bate sol. O que devo plantar? Temperos! Essa é minha resposta sempre que ouço estas perguntas.

Todo mundo anda querendo acrescentar temperos, chás e hortaliças de pequeno porte em sua casa ou apartamento.
Os temperinhos não precisam de muito espaço, basta um vaso de uns 20cm de diâmetro e uns 25 cm de altura, de preferência feito de barro ou uma jardineira onde possam ser plantadas várias mudas que podem ser de espécies diferentes.
E nesta nova moda, o que acho ótimo, vou falar hoje sobre o manjericão (Ocimum basilicum), planta aromática e muito saborosa.
Planta nativa da Índia e muito usada na culinária italiana, suas folhas são acrescentadas frescas em molhos de tomate, molho pesto, saladas, omeletes
Como uso terapêutico serve com sedativo para enjôos, vômito, dor de estômago, infecções da pele e vias respiratórias. Serve também como repelente de insetos.
Para produzir novas plantas, use as sementes ou estacas de galhos. Plante em terra fértil e com boa drenagem a sol pleno e com regas frequentes. Sempre que florir, corte o pendão para que a planta se ramifique, isto manterá seu vigor e longevidade

Tenho um cantinho sem vida, pequeno, mas bate sol. O que devo plantar? Temperos! Essa é minha resposta sempre que ouço estas perguntas.
Todo mundo anda querendo acrescentar temperos, chás e hortaliças de pequeno porte em sua casa ou apartamento.
Os temperinhos não precisam de muito espaço, basta um vaso de uns 20cm de diâmetro e uns 25 cm de altura, de preferência feito de barro ou uma jardineira onde possam ser plantadas várias mudas que podem ser de espécies diferentes.
E nesta nova moda, o que acho ótimo, vou falar hoje sobre o manjericão (Ocimum basilicum), planta aromática e muito saborosa.
Planta nativa da Índia e muito usada na culinária italiana, suas folhas são acrescentadas frescas em molhos de tomate, molho pesto, saladas, omeletes
Como uso terapêutico serve com sedativo para enjôos, vômito, dor de estômago, infecções da pele e vias respiratórias. Serve também como repelente de insetos.
Para produzir novas plantas, use as sementes ou estacas de galhos. Plante em terra fértil e com boa drenagem a sol pleno e com regas frequentes. Sempre que florir, corte o pendão para que a planta se ramifique, isto manterá seu vigor e longevidadeTenho um cantinho sem vida, pequeno, mas bate sol. O que devo plantar? Temperos! Essa é minha resposta sempre que ouço estas perguntas.
Todo mundo anda querendo acrescentar temperos, chás e hortaliças de pequeno porte em sua casa ou apartamento.
Os temperinhos não precisam de muito espaço, basta um vaso de uns 20cm de diâmetro e uns 25 cm de altura, de preferência feito de barro ou uma jardineira onde possam ser plantadas várias mudas que podem ser de espécies diferentes.
E nesta nova moda, o que acho ótimo, vou falar hoje sobre o manjericão (Ocimum basilicum), planta aromática e muito saborosa.
Planta nativa da Índia e muito usada na culinária italiana, suas folhas são acrescentadas frescas em molhos de tomate, molho pesto, saladas, omeletes
Como uso terapêutico serve com sedativo para enjôos, vômito, dor de estômago, infecções da pele e vias respiratórias. Serve também como repelente de insetos.
Para produzir novas plantas, use as sementes ou estacas de galhos. Plante em terra fértil e com boa drenagem a sol pleno e com regas frequentes. Sempre que florir, corte o pendão para que a planta se ramifique, isto manterá seu vigor e longevidade
Manjericão, a versatilidade em forma de tempero!

Na massa, na pizza, no peixe, na carne, em pães, na salada, o manjericão vai em tudo e faz um bem danado pra saúde!





São muitas as vantagens dessa erva que é fácil de plantar e pega em qualquer lugar. No cantinho do quintal, em um vasinho na varanda ou até no terreno ao lado. Você planta, ele dá!

No mercado, na feira e sacolões é difícil falta! É conhecida por diversos nomes por todos os cantos do Brasil. Alfavaca, erva real, basílico grande e até remédio de vaqueiro.


Uma fonte riquíssima em magnésio, ferro, cálcio, zinco, potássio além das vitaminas C, E B3, B6, o manjericão faz um bem tremendo á saúde. Por causa do magnésio ele melhora a saúde do sistema cardiovascular, pois estimula os músculos e vasos sanguíneos a relaxar, melhorando o fluxo sanguíneo e reduzindo os riscos de arritmia cardíaca. Além disso, ele tem propriedades antiinfamatória, e ajuda no trato do De folhas verdes, de tamanhos variados, com pequenas flores brancas, o manjericão está entre as ervas mais sensíveis e frágeis, e jamais é confundido devido ao seu aroma que reina absoluto. A planta que leva o nome científico Ocimum basilicum é originária da Índia e possui reputação sagrada em vários países, inclusive no de origem. É muito comum encontrar manjericão plantado em volta de templos hindus. Acredita-se que traz boa sorte. Diversos tipos de manjericão crescem em diferentes regiões do mundo e cada um possui características próprias, alguns mais aromáticos e outros mais saborosos. Além do uso medicinal – indicado para tratamento de enxaquecas, tensão nervosa e insônia, por possuir propriedades desinfetantes – é na cozinha que seu frescor exala com mais força. Como o seu óleo essencial é muito volátil e evapora rapidamente quando submetido ao calor, a erva fresca só deve ser adicionada ao final das preparações, depois de terminado o cozimento, ou em pratos frios, para não sofrer danos. Muitos dos usos do manjericão se deve à culinária italiana, talvez por causa da sua afinidade com o tomate, que faz com ele saborosos molhos frescos. Pode ser também utilizado em temperos de saladas, sopas e como decoração de pratos. O ingrediente fresco ganha enorme destaque na região da Ligúria, com o famoso pesto genovês. Esse molho para massas é feito com grandes quantidades de folhas de manjericão, pinolis (ou nozes), óleo de oliva e queijo parmesão e pecorino. O resultado é um molho saborosíssimo e igualmente perfumado, que tanto pode ser servido com espaguete ou gnocchi, ou se presta para dar um toque perfumado em sopas, ou mesmo condimentar torrada. Na França, o pistou, semelhante ao pesto, é usado para incrementar sopas, mas não leva pinolis na receita.


intestino e problemas digestivos
.(imagens retiradas da internet)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

volte sempre

passaros

center>