musica

22 de abr de 2011

ORGULHO DE SER MINEIRA?

Hortas em casa...melhor que qualquer terapiaBom dia!!! Tudo bem com vocês? Eu estou bem, tentando me adaptar ao horário de verão, mas quando começo a me adaptar ele acabou...hihihi, fazer o que né? uns gostam, outros como eu suportam...mas...a vida segue e vamos ao que interessa. Eu vou falar sobre como cultivar uma horta em casa, ja tenho Salsinha e boldo plantados em vaso, agora comprei umas sementinhas e vou plantar outros temperinhos para plantar,  vamos ver no que dá.Manter a horta é muito fácil, além de ser uma verdadeira terapia´Nas fotos abaixo vemos que é possível cultivar em qualquer espaço, até mesmo em apartamentos, e ai vamos colocar a mão na terra?



“Oh, Minas Gerais, oh, Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais, oh, Minas Gerais!!!” Com todos os “trens”, “lidileite”, “rapidin”, “uai”, “bunitin”, “piquininin”, “entendeno”, não há nada melhor que ser mineira. Ter esse “sutaque” tão característico é motivo de orgulho... mesmo que às vezes contrarie só um “tiquin”, a nossa amada língua portuguesa.



Você tomava banho de mangueira em sábados de sol e calor na garagem de casa? Entende quando dizem “teve a manhã”? “Racha o bico” quando escuta uma piada engraçada? Fala uai, sô, e é aficcionado por pão de queijo? Almoçava na casa da avó todos os domingos? Já passou carnaval em São João Batista do Glória, Guapé, Delfinópolis, Capitólio, Furnas e insiste em dizer que “foi bom demais da conta”? Se você respondeu sim, pode ter certeza, você é um mineiro legítimo!
3 anos atrás
Detalhes Adicionais


Dizem que mineiro é desconfiado, religioso, conservador, simples, prudente. No entanto, a sublime e subestimada arte de ser mineiro sobrevive em todos nós, em maior grau em alguns, e mais à flor da pele em outros. Mas não tem como negar: mesmo sem ter nascido nesse cantinho de terra sem mar, mesmo sendo paulista, capixaba, baiano, um pouco de mineiridade subsiste em todos, pois ser mineiro é mais do que um local de nascimento, é uma maneira de encarar a vida, é saber valorizar as tradições, os costumes, a família, é conseguir perceber a beleza nas coisas simples do dia-a-dia, é encontrar felicidade no singelo ato de admirar um pôr do sol inesquecível.

Uma das coisas boas de ser mineiro é fazer da cozinha o lugar mais aconchegante da casa. Cozinha de mineiro tem aroma de café, bolo de fubá e, sobretudo, tem calor humano! É o lugar escolhido pela família para se reunir, para contar “causos” e novidades.


3 anos atrás


É certo que as cozinhas de hoje estão cada vez menores, mas o mineiro precisa de pouco espaço para expressar a sua mineiridade.

Mineiro que é mineiro conhece e cita ditados populares. Minha avó já dizia que só quem conhece ditados populares pode ser boa pessoa. E como água mole em pedra dura, tanto bate até que fura, conseguiu me convencer disso. Mineiro que é mineiro não é santo de pau oco, além de conhecer usa e abusa dos ditados, se diverte com eles! Pois então, vamos colocar em prática a sabedoria mineira e começar a aprender logo, antes tarde do que nunca, pois a ignorância é o pior dos males!


Ah, tem mais uma característica que só mineiros entendem bem. Faz “pratinho” no fim de festa. Mineiro não compactua com o desperdício, e também não recusa um docinho. Então, se no final da festa você não resiste a montar um pratinho com seus quitutes preferidos para saborear no dia seguinte, você é um típico mineiro, não tem como esconder!
É por essas e outras que ser mineiro é “bão” demais, porque mineiro não é contra nem a favor, foge da luz por desconfiar da própria sombra, receia até dos próprios pensamentos. Ser mineiro é ficar em cima do muro mesmo, não por imparcialidade, mas para poder ver melhor os dois lados. Ser mineiro é isso, sô! É comer as sílabas para não morrer pela boca. É falar manso, sabe pra quê? Pra quebrar a paciência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

volte sempre

passaros

center>